DESTAQUE Nº 62 - JAN 2020
DESTAQUE Nº 61 - JUL 2019
DESTAQUE Nº 60 - JAN 2019
DESTAQUE Nº 59 - JUL 2018
DESTAQUE Nº 58 - JAN 2018
DESTAQUE Nº 57 - SET 2017
DESTAQUE nº 56 - MAI 2017
DESTAQUE nº 55 - JAN 2017
Sistemas de Canalização
Especificações e Gamas
Aplicações
Certificação
Tubos de aço
Acessórios de Tubagens
Roscas de Tubagens
Válvulas Ranhuradas
Válvulas Industriais
Processos de ligação
Fichas técnicas - Sistemas
Instalação - Orientações
 
Fichas Técnicas
Manual do Instalador APTA
Revista APTitude
Temas em Destaque
Especificações Técnicas
Folha de cálculo RI Armadas
Folha de cálculo RI Sprinklers
Folha de cálculo Rede Águas
Folha de cálculo Rede Gás
Cálculo Hidráulico
Jornadas técnicas
Documentos de Inspecção
Notícias
FAQS
Quem Somos
Actividades
Estatísticas
Empresas Associadas
contactos
Links
PESQUISA
LOGIN

Recuperar senhaRegisto
Newsletter
Artigos Técnicos

Título: BOCAS-DE-INCÊNDIO ARMADAS: COMPATIBILIZAÇÃO DO DIMENSIONAMENTO HIDRÁULICO

 

Sumário: As bocas-de-incêndio armadas com mangueiras semi-rígidas (tipo carretel) e as bocas-de-incêndio armadas com mangueiras flexíveis (tipo teatro), designadas por BIATC e BIATT, respetivamente, estão sujeitas a marcação CE, devendo cumprir obrigatoriamente os requisitos estabelecidos na Norma Europeia EN 671 (partes 1 e 2). Na presente comunicação referem-se os requisitos para o desempenho hidráulico das bocas-de-incêndio armadas (tipo carretel e tipo teatro) que constam da atual regulamentação (Portaria n.º 1532/2008 - Regulamento técnico de segurança contra incêndio em edifícios - SCIE) e analisa-se a necessidade de compatibilizar as disposições regulamentares relativas às bases de dimensionamento das BIATC e BIATT com as características obrigatórias dessas bocas, nos termos da NP EN 671-1:2013 e da NP EN 671-2:2014.

 

Palavras-Chave: Bocas armadas; carretéis; bocas tipo teatro; normas europeias; meios de intervenção.

 

Introdução:

As bocas-de-incêndio armadas com mangueiras semi-rígidas (tipo carretel) e as bocas-de-incêndio armadas com mangueiras flexíveis (tipo teatro), adiante designadas por BIATC e BIATT, respetivamente, estão sujeitas a marcação CE, devendo cumprir os requisitos estabelecidos na Norma Europeia EN 671 (partes 1 e 2) [1] [2].

Em Portugal, a portaria n.º 1532/2008 (Regulamento técnico de segurança contra incêndio em edifícios - SCIE) [3] contém requisitos de desempenho hidráulico para estas bocas, referindo, no caso das BIATC, que a “rede de alimentação das bocas-de-incêndio deve garantir, em cada boca-de-incêndio em funcionamento, com metade das bocas abertas, até um máximo exigível de quatro, uma pressão dinâmica de 250 kPa e um caudal instantâneo mínimo de 1,5 l/s.” No caso das BIATT, o Art.º 171, n.º 3, refere que “quando existam bocas-de-incêndio de 2.ª intervenção em redes húmidas, os valores mínimos de caudal e pressão a considerar na boca-de-incêndio mais desfavorável são, respetivamente, de 4 l/s e 350 kPa, com metade das bocas em funcionamento, num máximo de quatro.”

Observando as disposições da NP EN 671, constata-se que as exigências de desempenho regulamentares não estão compatibilizadas com a Norma Europeia e, no caso das BIATT, não existe mesmo no mercado nenhuma boca que possa cumprir as exigências regulamentares. Neste cenário, parece necessário compatibilizar as disposições regulamentares relativas às bases de dimensionamento das BIA com as características que, nos termos da EN 671 (partes 1 e 2), podem ter a bocas disponíveis no mercado.

Será desejável que a revisão em curso da portaria n.º 1532/2008 (Regulamento técnico de segurança contra incêndio em edifícios - SCIE) tenha em conta estas divergências, apresentando-se na presente comunicação a justificação para as alterações da regulamentação propostas pela ANQIP (Associação Nacional para a Qualidade nas Instalações Prediais) e pela APTA (Associação de Produtores de Tubos de Aço) junto da Autoridade Nacional de Proteção Civil (ANPC), que mereceram acolhimento por parte desta entidade.

 

Nota importante: a descarga deste artigo técnico completo implica um registo prévio neste sítio (login).

 
© APTA 2020
Política de Privacidade | Termos e Condições | Adicionar aos Favoritos
Máquina Digital