DESTAQUE nº 55 - JAN 2017
DESTAQUE nº 56 - MAI 2017
DESTAQUE Nº 57 - SET 2017
Quem Somos
Empresas Associadas
Actividades
Sistemas de Canalização
Especificações e Gamas
Aplicações
Certificação
Tubos de aço
Acessórios
Válvulas
Processos de ligação
Fichas técnicas
Instalação
 
Fichas Técnicas
Manual do Instalador APTA
2017
2016
2015
2013
2012
2011
2010
2009
2008
2007
2006
2005
2004
2003
2002
2001
2000
1999
Temas em Destaque
Especificações Técnicas
Folha de cálculo RI convencionais
Folha de cálculo RI Sprinklers
Folha de cálculo Rede Águas
Folha de cálculo Rede Gás
Cálculo
Formação - Jornadas técnicas
Documentos de Inspecção
Notícias
Estatísticas
FAQS
Links
contactos
PESQUISA
LOGIN

Recuperar senhaRegisto
Newsletter
2014

APTITUDE Nº 48

Setembro 2014

Esta edição tem o seguinte tema em destaque:

Exemplo de dimensionamento de uma rede de águas para Guest House, com recurso à folha de cálculo APTA 2014.

Trata-se de um novo exemplo de dimensionamento de uma rede de águas para edifícios, com a particularidade de se tratar de um edifício de hotelaria com 8 pisos. O mesmo é do tipo Guest House, que tem sido objecto de assinaláveis investimentos em Portugal, em reacção ao incremento turístico induzido pelas companhias aéreas low cost. Neste dimensionamento foram adoptados coeficientes de simultaneidade correspondentes a um nível do conforto elevado, bem como, um incremento de 25% dos caudais de cálculo. O mesmo é realizado com recurso à nova versão 2014 da folha de cálculo APTA.

 

 

APTITUDE Nº 47

Maio 2014

Esta edição tem o seguinte tema em destaque:

Cores normalizadas de identificação de tubagens.

 

Apresentação do conjunto de cores normalizadas de identificação de tubagens de acordo com a norma nacional NP-182. Esta norma merece-nos um particular respeito dado ter sido publicada há mais de meio século (em 1966). Como costumo afirmar, a NP-182 surgiu no ano em que a selecção nacional de futebol nos deu a primeira grande alegria e revelou ao mundo o saudoso “Pantera Negra”. Trata-se assim de um documento técnico veterano, é certo com algum conteúdo específico discutível, mas globalmente actual, continuando a ser intensamente utilizado no domínio das tubagens, à falta de uma norma europeia que regule este tema.  

 

 

APTITUDE Nº 46

Janeiro 2014

Esta edição tem o seguinte tema em destaque:

O método da cota Z.

Complementando a abordagem ao sistema de canalização unido mediante extremidades roscadas, realizada na APTitude anterior, é realizada uma apresentação e análise do método da cota Z, que ao possibilitar uma optimização da fase de instalação e montagem deste sistema, traduz-se em significativas economias, directamente proporcionais à dimensão da instalação.

Esta metodologia, que basicamente visa maximizar a componente de pré-fabricação, reduzindo o trabalho em obra à operação de montagem final, exige uma grande organização e coordenação entre os diversos intervenientes na empreitada e muito em particular, uma correspondência absoluta entre o projecto e a obra. Ou seja e por outras palavras, que a realidade corresponda ao desenho e vice-versa.

 
© APTA 2017
Política de Privacidade | Termos e Condições | Adicionar aos Favoritos
Máquina Digital